Avançar para o conteúdo principal

As minhas sapatilhas são mais giras que as tuas!



Num mundo de Superstar ou Stan Smith, sê umas Novesta ou umas Palladium!

Calma hiper mega fãs da Adidas! Eu também sou uma addicted e tenho umas Gazelle verdinhas que adoro de paixão mas, de repente, andar pela rua e perceber que nove em cada dez pessoas que usam sapatilhas, usam as mesmas, é um tanto ou quanto fora de contexto quando todos apregoam o "elogio à originalidade".

As modas e as tendências são um dado adquirido e compete a cada um, adapta-las ao seu próprio estilo, mantendo a sua identidade e marca pessoal - se fosse para sermos todos iguais o "Deus Todo Poderoso" tinha trabalhado um só dia em vez de três :)


E é no meio desta invasão de Superstar e Stan Smith que vos proponho duas marcas alternativas, bem giras, agora que chegou finalmente o bom tempo, que cheira a férias, e que podemos (por isso) deixar os sapatos e as camisas executivas dentro do armário!

Ora espreitem lá:

- Novesta



São sapatilhas com origem na Eslovaquia, criadas em 1939, feitas de borracha natural e 100% em algodão ou linho. O próprio processo de fabrico é ecológico, evitando o uso de químicos e colas. As Novesta caracterizam-se pelo design exclusivo, cuja assinatura são as 'marcas de pneu' à volta da sola.

No Porto, podem ser encontradas nas Galerias Lumiere:


Ou podem sempre comprar online, no site oficial da marca:



- Palladium




Acredite-se ou não a origem das Palladium está associada à industria de aviação! E foi a marca que durante anos forneceu as botas do exercito da legião francesa! Pelo seu design e tipologia, as Palladium foram escolhidas por vários exploradores ao longo dos tempos, incluindo o geologista francês Haroun Tazieff. Hoje em dia, a marca desafia-nos a sermos, também nós, exploradores das nossas cidades e sempre com grande estilo. 

São inúmeros os modelos e cores que podemos escolher e as Palladium estão disponíveis  no site oficial:


Ou, por exemplo, através da La Redoute:




Vamos lá "desfilar" as nossas sapatilhas novas pelas esplanadas desse Portugal fora?








Comentários

  1. Comprei umas lindas palladium através da laredoute.pt. a culpa é tua, go.rita.go

    ResponderEliminar
  2. Olha não conhecia nenhuma das duas marcas, obrigada pelas sugestões :) Fiquei tentada! Confesso a minha falta de originalidade - de momento as minhas sapatilhas prediletas são as go walk da skechers, os meus pezinhos deliram com tanto conforto e leveza :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada eu Elsa!
      Eu cá acho que há espaço para todas as marcar e todos os modelos e a skechers são excelentes em termos de conforto! Importante mesmo é sentirmo-nos bem e fazermos, também, a diferença.
      Beijinhos e obrigada por acompanhares o blog <3

      Eliminar
  3. Às vezes também aparecem em promoção no Showroomprive.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Thanks pela dica Vânia! :) Sempre bom saber!

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

InterGoView { Take 11} - Sobre a volta ao Mundo com partida em Guimarães

Quem me lê com alguma regularidade já percebeu que eu acredito nas coisas boas da vida e de como, com empenho e determinação, podemos realizar a maior parte das nossas vontades (ou sonhos, como lhes prefiram chamar).
Exemplo disso é a história do Neto e da Lili! Apetece-vos uma historia da volta ao Mundo dos tempos modernos: pois aqui está ela! Porque como disseram eles mesmos:
"É sempre um prazer falar de viagens, em particular da nossa. Era um sonho fazer uma viagem deste género, a nós também nos parecia um sonho difícil de realizar até termos dado os primeiros passos para o concretizar. Só temos esta vida, logo não dá para deixar para depois."

Porto Secret Places & Um duplo piso com sabor à Bretanha

Cada vez me convenço mais que mesmo que a "movida" da Invicta me deslumbre, o que me encanta verdadeiramente ainda são aqueles espaços onde se juntam três factores "de luxo": boa comida, boa bebida e q.b. de sossego.
Talvez por isso tenha ficado tão bem impressionada com o Le Gwenn Ha Du: os crepes são maravilhosos, a cidra é do mais original que se pode querer e consegue-se aquela raridade que é ter uma refeição acompanhada de uma boa conversa - sem multidões, sem salas com mais de 40 pessoas, num ambiente acolhedor e típico.

InterGoView { Take 7 } - A Kate e a sua Wandering Life

Chegamos a Março e a Primavera começa a chegar de mansinho... E o que liga melhor com bom tempo, dias mais compridos, sol e céu azul? Ah pois é! Passeios! 
Por isso mesmo, para a entrevista deste mês desafiei a Catarina Leonardo, autora do blog Wandering Life.
Venham daí também e descubram ideias para as vossas férias. Porque férias, são sempre uma boa inspiração, certo?