Avançar para o conteúdo principal

NOS Primavera Sound - This is for music lovers! { Take 2 }



Sabem o que faz o NOS Primavera um festival especial? a localização! Não fosse este maravilhoso parque da cidade do Porto, o pôr-do-sol mais bonito de todos e uma incrivel lua cheia que acompanhou todo o evento, o carisma do NOS não seria, definitivamente, o mesmo..

E depois temos uma organização, na minha modesta opinião, irrepreensivel: zonas bem definidas para comer sem atrapalhar quem está a querer ver os concertos, mesmo com o numero sempre crescente de participantes não houve momento absolutamente nenhum em que fosse impossivel circular (e eu já fiquei com "os pés no ar" em muitos outros), casas de banho decentes, parque para bicicletas, parque Uber, tudo tudo tudo para que valha a pena comprar o bilhete com antecedência, mesmo antes de se conhecer o cartaz - é o que vai acontecer daqui a uns dias.

Mas claro, tudo isto não teria sentido se depois não fossemos contemplados com atuações à altura do NOS, que este ano  nos trouxe os mais que afirmados Bon Iver, Rodrigo Leão, Elza Soares, mas também uma série de descobertas (para mim, que sou em parte uma "naba" musical) e são dessas que vos vou falar de seguida.





Angel Olsen


A menina como um vozeirão descomunal, chegou dos EUA e deu um dos melhores concertos do festival. É autora e compositora e tem um talento do caraças! Não é por acaso que já teve colaborações com nomes como Wilco e Cass McCombs.

Já conta com 3 discos desde 2012:
- Half Way Home .
- Burn Your Fire for No Witness
- My Woman

E pois está claro, gosto dela porque tem aquele estilo Folk entra no ouvido e faz querer que os fins de tarde de Verão durem para sempre.



Hamilton Leithauser


Quem ainda não ouviu a mais que repetida por estes dias "A 1000 Times"?
Eu já a tinha apanhado no radar, não sabia é que o responsavél era o tal do Hamilton.
Menos ainda associava este senhor aos Walkmen, banda através da qual se deu a conhecer.

No placo Pitchfork, Hamilton Leithauser fez a festa: pôs toda a genta a dançar, a cantar em coro e a perder-se em sonhos e memórias ao som da guitarra e da harmónica. Gostei! E vou ouvir mais!



Metronomy


Ora bem, estes tipos não foram propriamente uma "descoberta" porque desde a primeira vez que ouvi a "The look" - e já lá vão uns aninhos - nunca mais os larguei.

Mas o historico dos Metronomy remonta a antes de 2005, altura em que lançaram o seu primeiro album.

Com uma batida cool e divertida, tiveram a capacidade de fazer da musica eletronica um estilo que vai bem com tudo: festas all night long, pool parties, road trips.

São top! E deram um espetaculo e tanto, que acabou por saber a (muito) pouco!

By the way, a Ana Prior a tocar descalça... priceless!



E não se esqueçam, daqui a nada estão disponiveis em pré-venda os passes para 2018, para quem apresentar o cartão do festival deste ano... como diria a minha saudosa avó:
 "é de se aproveitar..."

#GoRitaGo
#Music
#NosPrimaveraSound

Comentários